sexta-feira, 30 de julho de 2010

Maquiagem: aliada ou inimiga dos olhos?

Uso compartilhado ou vencido dos produtos pode causar irritações

Quando se fala em maquiagem para olhos as mulheres tem mil e um truques para realçar a beleza. Rímel, lápis para os olhos, delineador, sombra, vários são os produtos usados para isso. Mas o que muitas desconhecem é que tudo isso pode causar sérias irritações oculares quando usado de forma irregular.

"Os problemas mais comuns são olho seco, alergia e irritações. E nesses casos o tratamento deve ser feito rapidamente, pois podem evoluir até para uma irritação crônica", afirma o oftalmologista André Rangel, membro da Academia Americana de Oftalmologia (AAO).

Vários são os fatores causadores dessas alergias, mas os que mais se destacam são o uso compartilhado dos produtos e o uso fora da data de validade. Compartilhar maquiagem com outras pessoas pode trazer riscos, pois fungos, bactérias e alergias podem ser transmitidos e causar a contaminação ocular.

Os cuidados com a seleção, a aplicação e a remoção dos produtos são fundamentais para evitar qualquer problema. A conservação também deve ser feita de modo adequado. Eles devem ser mantidos em local seco, tampados e sem exposição ao sol.

Além disso, o oftalmologista ainda alerta: "quando consumimos algum produto, seja qual for, o mais importante é verificar sua data de validade, se já estiver vencido o seu uso não é aconselhável. Compre sempre produtos de boa procedência, verifique se é hipoalergênico e se foi testado oftalmo e dermatologicamente".

A maquiagem velha se torna um ambiente propício para a proliferação de fungos, por isso qualquer alteração, no cheiro, cor ou consistência desses produtos é sinal que algo está errado e deve ser trocado.

E no caso de alguma irritação nos olhos "suspenda imediatamente o uso da maquiagem, e procure um especialista, para fazer o tratamento correto. Mesmo o uso de soro fisiológico para limpeza e colírios em excesso podem ser prejudiciais", recomenda o médico.

Aline Morais | Lead

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

quinta-feira, 29 de julho de 2010

18 de agosto é o Dia Nacional do Campo Limpo

Em 2010, 104 centrais de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos realizarão atividades pelo Dia Nacional do Campo Limpo, data que desde 2008 está incluída no calendário oficial brasileiro. As ações educativas em prol da preservação do meio ambiente devem envolver mais de 120 mil pessoas e 1.200 escolas. Para mais informações visite:

www.dianacionaldocampolimpo.org.br

Melissa Rossi | LVBA Comunicação

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

quarta-feira, 28 de julho de 2010

SPC Brasil completa 55 anos

 

 

    O primeiro Serviço de Proteção ao Crédito do Brasil surgiu no dia 22 de julho de 1955, para garantir maior segurança e agilidade na análise de crédito para as empresas. A partir de então, foram surgindo outros SPCs por todo o país. Integrado a mais de duas mil Associações Comerciais e CDLs em todo o Brasil, por meio destas entidades, o SPC Brasil presta serviço de informação para mais de 11 milhões de empresas, gerando 140 milhões de registros cadastrais de pessoa física, 16 milhões de registros cadastrais de pessoa jurídica que correspondem a 13 milhões de consultas por mês.

    Desde 1999, o SPC Brasil trabalha com o objetivo de integrar as informações de todo território nacional, vinculado a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas. Dois anos depois foi formada a Rede Integrada de Proteção ao Crédito (RIPC) que interligou os quatro grandes bancos de dados: Associação Comercial do Paraná, Associação Comercial de São Paulo, CDL Rio de Janeiro e SPC Brasil.

    "O SPC protege a venda e a compra para que as negociações tenham maior agilidade e segurança. A expansão em todo o país é motivo de orgulho para todas as CDL´s que buscam a cada dia prestar o melhor serviço de informação à concessão de crédito para seus associados", disse o presidente da CDL, Celso Vilela.

Aliteia Milagre | Serifa


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

SPPT realiza ações de conscientização dos males do tabagismo em Santos

A Regional Santos da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT) inicia, em agosto, uma série de ações de conscientização da população sobre os males do tabagismo. Além de uma campanha publicitária em emissoras de TV e na mídia impressa, vídeos educativos sobre os perigos do cigarro para fumantes ativo e passivo serão veiculados em canais corporativos de salas de espera de hospitais.

 

"Um paciente aguardando a consulta sempre se torna mais receptivo às questões da saúde. Temos convicção de que, por intermédio dos vídeos educativos, conseguiremos transmitir o quanto o vício é prejudicial ao indivíduo e ao meio em que vive", destaca o pneumologista dr. Alex Macedo, presidente da Regional Santos da SPPT.

 

Atualmente, no Brasil, morrem cerca de 200 mil pessoas ao ano por doenças relacionadas ao tabaco. Na fumaça do tabaco existem mais de 4.700 substâncias consideradas danosas ao organismo. Entre elas, a nicotina causa uma série de efeitos no cérebro.

 

O tabagismo é responsável por mais de 50 doenças graves diferentes. Segundo a previsão da OMS, se não houver programas eficientes para a diminuição do consumo, em 2025 serão onze milhões de mortes no mundo por ano.

 

Diante de um quadro de tragédia anunciada no Brasil e no mundo, são de extrema relevância ações como as da Regional da SPPT para conscientizar e orientar a população.

 

"A Sociedade Paulista de Pneumologia é 100% contra o tabaco. Aliás, cabe a nós, médicos, tomarmos a linha de frente dessa luta, esclarecendo e apoiando os pacientes em tudo o que for necessário para abandonar o vício. Nossa campanha, quero registrar, só está começando. Temos uma série de outras ações em discussão e logo deveremos colocá-las em prática. Nesse momento, porém, queremos aproveitar o alcance dos veículos e ferramentas de comunicação para um amplo debate sobre os malefícios do fumo ativo e passivo".


Acontece Comunicação e Notícias
www.acontecenoticias.com.br


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

terça-feira, 27 de julho de 2010

População brasileira acima dos 80 cresce 70% nos últimos dez anos

Brasil possui 21 milhões de pessoas com mais de 60 anos. Destes, 3 milhões estão acima dos 80

Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul são os Estados com maior percentual de idosos, com 14,9% e 13,5% respectivamente

Em média, o idoso brasileiro visita o médico 9 vezes por ano; na população geral, o número de consultas cai para cinco. Idosos usam três vezes mais prescrições de medicamentos que os jovens

         Como está a saúde do idoso brasileiro na última década? Como o idoso se comporta no trânsito? Idosos e sexualidade, o que dizer dessa combinação? Qual a fórmula da longevidade? Essas e outras questões serão debatidas durante o XVII Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia, que ocorre entre os dias 28 e 31 de julho, no Expominas, em Belo Horizonte (MG).

        

         O evento reunirá mais de 2 mil médicos de diversas áreas especializadas, incluindo pesquisadores, profissionais e gestores de saúde, além de convidados internacionais, com o objetivo de atualizar as informações e criar novas ferramentas que tragam mais soluções para o desenvolvimento dos segmentos da geriatria e da gerontologia.

 

         Entre os assuntos abordados, destaque para:        

 

·       Envelhecimento: funcionalidade, participação e sustentabilidade;

·       O idoso no trânsito;

·       Como fica a sexualidade do idoso na era dos estimulantes sexuais?

·       Como envelhece a população da Região Norte: Projeto Idoso da Floresta.

 

Serviço:

 

Evento: XVII Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia

 

Data: 28 a 31 de julho

 

Local: Expominas Belo Horizonte (MG)

 

Site oficial com a programação completa: www.cbgg2010.com.br

 

Vinicius Volpi | Tino Projetos em Comunicação


Botucatu - Cardiologia do esporte em pauta na reunião da SOCESP

A Regional Botucatu da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) realiza encontro para discutir a Cardiologia no Esporte em 4 de agosto de 2010, quarta-feira.

 

Segundo o dr. Katashi Okoshi, presidente da Regional, o foco do encontro é "debater a avaliação cardiológica antes do início de atividades físicas, com o objetivo de atualizar os cardiologistas sobre a correta abordagem antes de autorizar os pacientes para a prática de atividade física".

 

O palestrante, dr. Daniel Jogaib Daher, especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, abordará a sistematização do atendimento para que o médico possa indicar a melhor atividade física, de forma individualizada, tanto para portadores de doenças cardíacas como para aqueles que não tenham nenhuma doença preexistente.

 

O encontro será voltado para profissionais da área da saúde, em especial os cardiologistas. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11)3179-0042. Mais informações no site da SOCESP: www.socesp.org.br.

 

SOCESP Botucatu – Cardiologia do Esporte

Data: 4 de agosto de 2010, quarta-feira

Horário: a partir das 19h

Local: Faculdade de Medicina de Botucatu – Anfiteatro da Patologia

Endereço: Distrito de Rubião Jr. – S/N - Botucatu

Inscrições: (11) 3179-0042

Informações: www.socesp.org.br


Acontece Comunicação e Notícias
www.acontecenoticias.com.br


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Cardiologia é pauta em encontro na Regional Marília da SOCESP

A Regional Marília da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) realiza encontro de cardiologia em 7 de agosto de 2010. Trata-se de uma ação de atualização científica da SOCESP, que abordará questões relevantes da doença coronariana.

 

Um dos coordenadores da reunião é o presidente da Regional Marília, dr. Paulo Celso Moreira. Ele adianta que "os palestrantes mostrarão pesquisas e estudos feitos sobre o tema, além de debater outros em andamento".

 

"O objetivo da discussão é cada vez mais a melhoria do nível geral do atendimento médico aos cidadãos, além do desenvolvimento científico continuado dos cardiologistas do estado de São Paulo", ressalta o dr. Moreira.

 

O público são os sócios da SOCESP, cardiologistas não associados, além de endocrinologistas, clínico e geriatras em geral, entre outros especialistas.

 

As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11)3179-0068. Para mais informações no site www.socesp.org.br.

 

 

Programação 

 

8h30 Mesa-Redonda Métodos Diagnóstico de Imagem na Cardiologia Clínica

Coordenador : dr. André Campos – Marília

 

Angiotomografia Cardíaca e Ressonância Magnética -  Aplicação na Cardiologia Clínica - dr. Marcelo de Freitas – Hospital Constantini Curitiba

 

Aplicação da Ecocardiografia sob Estresse na Insuficiência Coronariana - dr. Adelino Parro – IMC S.J. Rio Preto

 

Cintilografia Miocárdica – Quando indicar e quais os achados relevantes na paciente coronariano ? - dr. Rodrigo Rodrigues – CDM Marília

 

Perguntas e Respostas

 

10h30 Mesa-Redonda Insuficiência Coronariana

Coordenador : dr. Paulo Moreira – FAMEMA Marília

 

Resultados tardios de Cirurgia de Revascularização Miocárdica em diabéticos e não diabéticos. O que nso ensinam os triais atuais ? - Prof. dr. Sergio Almeida de Oliveira  – Incor SP

 

Quando indicar coronariografia no paciente com suspeita de coronariopatia ? Quando podemos não indicar coronariografia no paciente já com diagnóstico prévio confirmado de coronariopatia ? Quando, já com o diagnóstico hemodinâmico, podemos optar pelo tratamento conservador? - Prof. dr. José Antônio Franchini Ramires  – Diretor do Incor SP

 

Tratamento Percutâneo das Coronariopatias - Diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia Intervenção Coronária Percutânea e Métodos Adjuntos Diagnósticos em Cardiologia Intervencionista -dr. Marcelo Freitas – Hospital Constantino Curitiba

 

12h40 às 13h Discussão de Caso Clínico - dr. Ricardo Tófano – Hospital Unimar Marília

 

SOCESP Marília – Encontro de Cardiologia

Data: 7 de agosto de 2010, sábado

Horário: das 8h30 às 13h

Local: Anfiteatro da Reitoria Unimar

Endereço: Avenida Higyno Muzzi Filho n°1001

Inscrições: (11) 3179-0068

Informações: www.socesp.org.br

 

Acontece Comunicação e Notícias

www.acontecenoticias.com.br


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Homens apresentam tendência em consumir mais cosméticos em 2010

Em 2009, os homens movimentaram cerca de R$ 1,33 bilhões no mercado de cosméticos, garantindo ao Brasil o segundo lugar como maior mercado de cuidados pessoais masculinos. As cifras, porém, não ultrapassam o valor gasto pelas mulheres no país, que chega a cerca de R$17,3 bilhões. O mercado de cosméticos cresce mais a cada dia e a tendência é que os homens consumam 17% a mais em cosméticos em 2010.

A proprietária da Dermage, em Uberlândia, Daniela Ferreira, conta sobre a preocupação que os homens têm em se cuidar. "A procura por produtos dermatologicamente indicados tem aumentado muito pelo público masculino. As linhas de tratamento são as mais procuradas, mas não apenas por questão estética, e sim por cuidado", diz.

O empresário, Rodrigo Ferreira Alves, é adepto do uso de cosméticos e conta a melhora que teve em seu tratamento. "Quando comecei a ter queda de cabelo procurei o dermatologista e logo comecei a utilizar um shampoo específico e meu cabelo parou de cair. No começo foi só pelo problema, mas hoje uso cosméticos também para estética. Hoje, não existe mais preconceito com isso", acredita.

O consultor comercial, Cássio Eduardo de Ávila Cardoso, utiliza cosméticos e acha importante se cuidar. "Acredito muito na importância dos cosméticos não só para a estética, mas também para o cuidado e bem estar. Até mesmo no mercado de trabalho é importante um cabelo tratado, unhas bem cuidadas, pele bonita, o que acaba se tornando uma necessidade. Os homens sempre tiveram preocupação com a aparência, mas pelo preconceito imposto pela cultura machista não se cuidavam ou não assumiam isso, já que era tratado como um tabu e sinônimo de homossexualidade. O culto ao corpo não é só assunto para mulheres. Os homens vêm mudando esse preconceito e se preocupando cada vez mais com o físico e a aparência", conclui.

De acordo com Daniela Ferreira, o pensamento de que cosmético é coisa de mulher está cada vez mais distante da nossa realidade. "Muitos homens gostam e precisam se cuidar também", enfatiza.

Talita  Nakamuta | Serifa 

-- 

farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

sábado, 24 de julho de 2010

Narcolepsia é tema de evento da APM destinado ao público leigo

Portadores da doença correm riscos de vida e ainda podem passar por dificuldades dentro e fora de casa

 

A Associação Paulista de Medicina (APM) realiza em 7 de agosto, palestra sobre um importante distúrbio do sono: a narcolepsia. O objetivo é esclarecer dúvidas de pacientes e de seus familiares.

 

Organizado e ministrado pelo dr. Rubens Reimão, coordenador científico do Departamento de Neurologia da APM, o encontro abordará os problemas psicológicos e sociais enfrentados por portadores. Boa parte deles é fruto da falta da correta compreensão da enfermidade no convívio familiar ou escolar, por exemplo.

 

Tais reuniões vêm acontecendo há cinco anos na APM e são realizados quase todo mês, com o intuito de divulgar a narcolepsia, pouco conhecida, e de revelar novos casos e formas de tratamento.

 

A palestra é gratuita e a inscrição deve ser feita pelo telefone (11) 3188-4281 ou através do site www.apm.org.br.

 

Narcolepsia

A Narcolepsia é um grave distúrbio do sono e tem como principal conseqüência a sonolência diurna excessiva.

 

Seu diagnóstico é bastante complexo, pois os sintomas são frequentemente confundidos com características comuns. Por esse motivo, muitas pessoas passam a vida inteira sem saber que são portadoras do mal e acabam levando rótulos de preguiçosos ou dorminhocos.


Os portadores deste distúrbio correm perigo na realização de atividades como dirigir, operar máquinas perigosas ou em outras ações que exigem concentração.

 

Além de risco de vida, o paciente está sujeito a dificuldades na escola, no trabalho e até mesmo em casa, quando há falta de compreensão de familiares e amigos.

 

Como a narcolepsia é crônica, o tratamento deve prolongar-se por toda a vida e é feito por meio de estimulantes.

 

 

Departamento de Neurologia - Narcolepsia

 

Data: 07 de agosto de 2010, sábado

Horário: das 9h30 às 12h

Local: APM

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278 – São Paulo – SP.

Informações e inscrições: (11) 3188-4281 | www.apm.org.br

 

Acontece Comunicação e Notícias
www.acontecenoticias.com.br



--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Assentados em projetos ambientalmente diferenciados receberão concessão definitiva de áreas

Para dar mais segurança jurídica e proteção às comunidades tradicionais o Incra aprovou Norma de Execução (NE nº 93) que institui a Concessão de Direito Real de Uso (CCDRU) como instrumento jurídico padrão para os chamados assentamentos ambientalmente diferenciados, como o Projeto Agroextrativista (PAE), Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) e Projeto Florestal (PAF). O dispositivo foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (21/7).

Agora, essas modalidades diferenciadas de assentamento receberão o CCDRU, que terá validade de escritura pública, devendo ser registrado em Cartório. "Como esses assentamentos não podem ser titulados, chegou-se a conclusão de que o instrumento mais adequado é a concessão de direito real de uso, que é permanente e permite a transmissão inter-vivos", explicou o chefe-substituto da Divisão de Consolidação de Assentamentos do Incra, Paulo César Rebello de Oliveira. A norma é resultado de estudo técnico elaborado por um grupo de trabalho envolvendo cinco servidores das diretorias de Obtenção de Terras (DT), Desenvolvimento de Projetos de Assentamento (DD) e da Procuradoria Federal Especializada (PFE) junto ao Incra.

Os projetos continuarão recebendo os créditos do Programa Nacional de Reforma Agrária e aqueles decorrentes do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O novo modelo de contrato, baseado na concessão de direito real de uso, terá prazo de validade indeterminado para os Projetos Agroextrativistas (PAEs). No caso do PDS e do PAF, a validade será de 10 e 30 anos, respectivamente. A validade dos contratos pode ser revista ou prorrogada pelo Incra.

Assessoria de Comunicação Social MDA/Incra 

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Decreto promove mais transparência na concessão de certificados para entidades beneficentes



Ana Nascimento/MDS  
Mais transparência na concessão das certificações das entidades beneficentes. Esse é um dos principais atributos do decreto presidencial divulgado nesta quarta-feira (21), no Diário Oficial da União, que regulamenta a Lei nº 12.101. A lei trata da concessão de certificado de entidade beneficente de assistência social para isenção das contribuições para a seguridade social.

O decreto reorganiza a competência das certificações das entidades beneficentes e as reconhece como parceiras. E retira do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) a responsabilidade de conceder os certificados, transferindo-a aos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), da
Educação e da Saúde, conforme a atividade-fim.
 
O decreto foi anunciado durante reunião no Conselho Nacional de Assistência Social

O anúncio da assinatura do decreto foi feito na tarde de quarta pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, durante reunião do Conselho Nacional de Assistência Social. A ministra destacou que o decreto concretiza uma nova relação do Estado com a rede de entidades sociais que historicamente atua no País.

"Com o decreto, demos um passo fundamental na inserção dessa grande rede no Sistema Único de Assistência Social (Suas). Mas esse é um processo em permanente de renovação, já que as coisas não são definitivas quando falamos em gestão pública", disse Márcia Lopes.

Para a ministra, há um longo trabalho pela frente, para socializar e construir um entendimento com cada parceiro o que, segundo ela, exigirá um processo pedagógico. "O que nos torna melhores é a capacidade de concluir o que fomos capazes de alcançar com o diálogo. Daqui a seis meses, um ano ou cinco, colheremos os resultados dessa decisão", enfatizou Márcia Lopes.

Para o presidente do CNAS, Carlos Eduardo Ferrari, o decreto enfatiza o controle social. "Agora, a própria comunidade onde está inserida a entidade pode fiscalizá-la", disse o conselheiro. Ferrari considera a assinatura do decreto um marco legal e um momento histórico da assistência social no Brasil.

Cláudia Sabóia, diret ora da Secretaria Nacional de Assistência Social do MDS, destaca que o decreto implementa transparência na análise dos processos. "Ele reconhece as entidades certificadas como rede parceira e complementar", explicou.

Decreto – O Decreto Presidencial nº 7.237 regulamenta a concessão dos Certificados de Entidades Beneficentes de Assistência Social, também conhecidos como Cebas. Esse documento transfere para três órgãos do Governo Federal (os ministérios da Saúde, Educação e Desenvolvimento Social e Combate a Fome) a responsabilidade de conceder os certificados, que antes era do Conselho Nacional de Assistência Social.

No caso de entidades que desenvolvem mais de uma das atividades, deverá ser solicitada a certificação ao ministério onde desenvolve a atividade principal. O projeto que modifica a concessão do Cebas foi sancionado em 29 de setembro de 2009. A mudança favorece o exercício do controle social, que conta com a participação efetiva da sociedade.

Na assistência social, a certificação e a renovação do Cebas serão concedidas à entidad e socioassistencial "que presta serviços de forma gratuita, continuada e planejada para os usuários e a quem deles necessitar, sem qualquer discriminação". Com o Cebas, a entidade fica isenta de contribuições sociais como a parte patronal do INSS junto à Receita Federal e a Cofins. Com o decreto, o prazo de validade da certificação é de três anos.

Após a aprovação da Lei 12.101, o MDS conta 1.406 processos com pedido de renovação de certificado e cerca de 100 em análise para concessão.

Ana Soares
Ascom/MDS




--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Seleção Brasileira Feminina convocada para fase de preparação para o Campeonato Sul-Americano do Equador

O técnico da Seleção Brasileira Feminina, Kleiton Lima, convocou nesta quarta-feira as jogadoras que participarão da fase de treinamentos, na Granja Comary, em Teresópolis, visando ao ampeonato Sul-Americano no Equador.
O Sul-Americano se realizará entre setembro e outubro, em data a ser definida, e é classificatório para o Mundial da Alemanha, que será disputado de 26 de junho a 17 de julho de 2011.

As jogadoras se apresentam no dia 2 de agosto no Aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, às 12 horas, e seguem para a Granja Comary, em Teresópolis, onde treinarão até 14 de agosto.
Assessoria de Imprensa CBF
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | http://www.coletivodeimprensa.jor.br/

terça-feira, 20 de julho de 2010

Projetos da FZEA alertam para cuidados com alimentos

Rafaela Carvalho | Agência USP 
Treinamentos in loco e músicas didáticas. É por meio dessas atividades que a Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP, em Pirassununga, procura conscientizar estudantes e funcionários de lanchonetes e restaurantes sobre os cuidados na manipulação de alimentos. Os projetos Extensão dos conhecimentos sobre segurança dos alimentos através da música e Treinamento "in loco" sobre higiene e conservação de alimentos para ambulantes e lanchonentes existem desde agosto de 2009 e são coordenados pelo professor Marco Antonio Trindade. Juntos, formam um projeto só, chamadoAlimento Seguro.
Projetos alertam, por exemplo, para a utilização correta de utensílios de cozinha

A atividade teve início graças ao Programa Aprender com Cultura e Extensão em que três bolsistas ficaram responsáveis pelos dois projetos, que têm como principal objetivo alertar estudantes, funcionários de lanchonetes, ambulantes que vendem comida e quaisquer outros interessados sobre a forma correta de se manipular os alimentos, seja na hora de cozinhá-los ou consumi-los.

Trindade conta que a realização dos projetos dependeu de uma junção de fatores: Leonardo Alves Pinto e Victor Scaranelo, alunos da FZEA, começaram a desenvolver um projeto envolvendo música e conscientização sobre os perigos da manipulação de alimentos sem os devidos cuidados, por meio de paródias. O professor conta que já tinha conhecimento de um projeto semelhante, realizado na Universidade da Califórnia, nos EUA. Assim, tendo as bolsas do programa de extensão em mãos, a ideia pôde ser posta em prática.

"Esse projeto foi desenvolvido aos poucos, ao longo de vários meses", conta Alves Pinto, responsável por explicar os assuntos retratados nas paródias e por desenvolver o site Alimento Seguro. "No intervalo de uma música para outra é explicado o que citamos nelas, uma vez que a maioria do público é formada por alunos do ensino fundamental, que não têm uma bagagem muito grande de Microbiologia." O outro bolsista, Victor Scaranelo, conta que a paixão por música o levou a participar do projeto: "Eu iria cantar e informar, passando a informação de maneira engraçada. Além disso, ia ajudar a sociedade de alguma forma", conta.

Ouça aqui a paródia com a música "Emoções"

A segunda parte do trabalho coube a Elisa Silva Maluf de Paula. A bolsista conta que poder dar um treinamento sobre boas práticas de fabricação lhe deu mais experiência para sua carreira como engenheira de alimentos. "Conscientizar manipuladores de alimentos, podendo utilizar as teorias que aprendi na faculdade com certeza me ajudou bastante." O treinamento consistia na criação e apresentação de uma apostila com dados importantes sobre os cuidados a serem tomados com os alimentos. "Desenvolvemos a apostila, eu e a Elisa, utilizando materiais da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária]. Quando os cursos são ministrados, os funcionários acompanham o conteúdo por meio da apostila, que fica como doação para os estabelecimentos", conta Trindade. Os conteúdos tratados vão desde conceitos de Microbiologia até cuidados com a higiene pessoal.

Elisa também conta que houve dificuldades em seu trabalho. "Os donos dos estabelecimentos ficavam um pouco desconfiados quando eu oferecia o curso, achavam que eu poderia querer fechar o estabelecimento se não estivessem de acordo com o que eu falasse." A bolsista relata que muitos desses chefes de estabelecimento também não queriam que seus funcionários "perdessem" duas horas de trabalho para realizar o treinamento. Porém, apesar das complicações, o treinamento foi realizado em oito lanchonetes.

Ouça aqui a paródia com a música "Epitáfio"

No momento Trindade diz que não procura expandir os projetos. "Com o final do período da bolsa, a ideia é manter o site com os conteúdos no ar. Mas, infelizmente, não temos verba para mandar os alunos para fazerem apresentações em outros lugares", lamenta. "Se no ano que vem houver novas músicas e ideias, podemos pensar em no crescimento do projeto."

É possível ver os trabalhos realizados pelos bolsistas no site Alimento Seguro, criado para o projeto. Pode-se também, na mesma página, fazer download da apostila e ouvir as paródias criadas.

www.usp.br/alimentoseguro

Foto: Marcos Santos

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

domingo, 18 de julho de 2010

Petrobras publica Relatório de Sustentabilidade 2009

Foto: Agência Petrobras

A Petrobras lançou nesta sexta-feira (16/7) o site www.petrobras.com.br/rs2009 com o seu Relatório de Sustentabilidade 2009. Ao contrário dos anos anteriores, o documento reúne em uma só publicação dois de seus relatórios que foram produzidos até 2008: o Relatório Anual, com os principais destaques operacionais e de desempenho econômico do ano, e o Balanço Social e Ambiental. 

O relatório segue a versão mais recente das diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI). Ele se enquadra no nível de aplicação A+, adequado aos relatórios que apresentam informações sobre todos os indicadores essenciais das diretrizes e cujo conteúdo é submetido à verificação externa. Em 2009, a verificação foi realizada pela KPMG Auditores Independentes. Além das informações referentes aos indicadores GRI, o relatório apresenta dados que compõem o Modelo Ibase de Balanço Social. 

O Relatório de Sustentabilidade apresenta informações sobre o desempenho da Companhia, espelhando a integração entre os três pilares de sua estratégia corporativa: crescimento, rentabilidade e responsabilidade social. Ele é também uma comunicação sobre o progresso da Petrobras no cumprimento dos dez princípios do Pacto Global da ONU, do qual a Companhia é signatária desde 2003. "O relatório é um instrumento essencial à transparência e à prestação de contas sobre sua atuação nas dimensões econômica, ambiental e social. Mais do que isso, é uma ferramenta para ajudar as empresas a avaliar periodicamente a gestão de seus negócios sob a ótica da sustentabilidade e os compromissos assumidos a partir disso", destaca Luís Fernando Nery, gerente de Responsabilidade Social da Petrobras. 

O Relatório foi elaborado por uma comissão composta de representantes de 24 áreas e subsidiárias do Sistema Petrobras, que consolidaram as informações compiladas por uma rede de colaboradores, que foi composta por 290 pessoas, em 2009. Para determinar a relevância dos assuntos e auxiliar na seleção do conteúdo, a Petrobras consultou mais de 200 pessoas nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. 

Resultados e Contribuições para a Sociedade 

A Petrobras investiu em seu Centro de Pesquisas (Cenpes) cerca de R$ 1,5 bilhão em 2009 para atividades voltadas ao desenvolvimento tecnológico. Por meio de redes que tratam temas técnicos em suas áreas de atuação, foram repassados, aproximadamente, R$ 500 milhões em projetos de pesquisa e de implantação de infraestrutura laboratorial a cerca de 80 universidades e institutos de pesquisa brasileiros. Destacam-se as redes temáticas de Conservação e Recuperação de Ecossistemas e Remediação de Áreas Impactadas e de Monitoramento Ambiental Marinho. 

Ao longo de 2009, três usinas operadas pela Petrobras Biocombustível receberam o Selo Combustível Social, concedido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário às usinas de biodiesel que usam 30% do suprimento de oleaginosas oriundos da agricultura familiar e, assim, cumprem as diretrizes do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel. Até o final do ano, foram contratados mais de 59 mil agricultores familiares, garantindo 174 mil hectares de área plantada. A meta é trabalhar com 80 mil famílias nas regiões onde estão localizadas as usinas, com assinatura de contratos de longo prazo, garantia de preços justos, distribuição de sementes e prestação de assistência técnica, além de um programa de correção de solo. 

Em 2009, a Petrobras investiu cerca de R$ 464,5 milhões em mais de 1,6 mil projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos em todo o país. Através do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, investiu cerca de R$ 173,6 milhões em 868 projetos sociais. Também apoiou projetos e iniciativas da sociedade com foco em meio ambiente, sendo R$ 93,9 milhões investidos em 95 projetos ambientais. Na área cultural e de esporte, foram investidos R$ 154,6 milhões em 614 projetos culturais e R$ 42,4 milhões em 43 projetos esportivos. 

Em 2009, o Sistema Petrobras investiu R$ 1,97 bilhão em meio ambiente, o que inclui gastos com processos operacionais e apoio a projetos ambientais. Nos últimos cinco anos, foram investidos mais de R$ 300 milhões em projetos de conservação de energia, com a obtenção de uma economia da ordem de 3 mil barris de óleo equivalente por dia. Em 2009, a Petrobras investiu R$ 77,9 milhões nesses projetos, que permitiram evitar a emissão de 50 mil toneladas de CO2 equivalente no ano e economizar uma quantidade de energia equivalente ao consumo mensal de 230 mil residências. 

No ano passado, a Petrobras também obteve seu segundo registro de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), por conta da instalação de um catalisador para abater o gás N2O (óxido nitroso) na fábrica de fertilizantes da Petrobras na Bahia – FAFEN. Com essa iniciativa, será evitada a emissão de aproximadamente 57 mil toneladas de CO2 equivalente por ano. 

O Relatório de Sustentabilidade também apresenta as principais iniciativas da Petrobras para a mitigação da mudança climática, os programas tecnológicos para viabilizar a captura, sequestro, transporte e armazenamento geológico de CO2 e o inventário de suas emissões, que, desde 2002, a Companhia publica anualmente de forma voluntária. 

Acesse o Relatório Sustentabilidade 2009 no site: www.petrobras.com.br/rs2009.


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

MinC apoia instalação de 285 novas salas não-comerciais de cinema

Editais do Cine Mais Cultura beneficiarão áreas urbanas e rurais de cinco estados e nove municípios brasileiros

O Ministério da Cultura (MInC) vai implantar, por meio de seleção pública, 285 salas não-comerciais de exibição de filmes. Esses editais estão abertos atualmente em cinco estados (Maranhão, Paraíba, Piauí, Sergipe e Bahia) e em nove municípios. Ao todo, são mais de R$ 4,2 milhões investidos pelo MinC em parceria com os governos estaduais e municipais.

O Cine Mais Cultura é uma das ações que fazem parte do Programa Mais Cultura e apoia a implantação de salas gratuitas de exibição audiovisual em todo país. As comunidades de periferias dos centros urbanos, pequenos municípios e áreas rurais que dispõem de poucos ou de nenhum equipamento cultural, são os maiores favorecidos. O objetivo é promover o acesso ao cinema e estimular a difusão da cinematografia nacional.

Os projetos selecionados recebem equipamentos de projeção digital e centenas de títulos (curtas, médias e longas metragens, documentários e animações) do catálogo da Programadora Brasil, além de oficinas de capacitação cineclubista. Os interessados disponibilizam o local onde serão instalados os equipamentos, planejam a programação e promovem debates em torno dos filmes exibidos.

Quem pode concorrer – Qualquer entidade privada sem fins lucrativos pode concorrer aos editais estaduais e municipais do Cine Mais Cultura, desde que localizadas nos municípios onde serão realizadas as sessões. São as associações de moradores, ONGs, bibliotecas comunitárias, Pontos de Cultura, cineclubes, escolas, cooperativas, sindicatos, condomínios e todos que queiram ou já desenvolvam ações de exibições de obras audiovisuais e de formação de público.

Confira no quadro os editais de Cines Mais Cultura abertos e os prazos de inscrições:
 

Estado/ Município
UF
Quantidade
Prazo final do edital
Governo Estadual da Bahia
BA
60
Até 23 de julho
Governo Estadual de Sergipe
SE
24
Até 23 de agosto
Prefeitura Municipal de Fortaleza
CE
30
Até 14 de agosto
Prefeitura Municipal de Nilópolis
RJ
06
Até 30 de agosto
Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas
BA
05
Até 16 de agosto
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
RS
06
Até 14 de agosto
Prefeitura Municipal de Parobé
RS
03
Até 16 de agosto
Prefeitura Municipal de Taquara
RS
03
Até 16 de agosto
Prefeitura Municipal de Capão da Canoa
RS
10
Até 16 de agosto
Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves
RS
08
Até 16 de agosto
Prefeitura Municipal de João Pessoa
PB
15
Até 16 de agosto
Governo Estadual do Piauí
PI
60
Até 18 de agosto
Governo Estadual da Paraíba
PB
40
Até 3 de setembro
Governo Estadual do Maranhão
MA
15
Até 13 de setembro
 
 Imprensa  MinC
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

quinta-feira, 15 de julho de 2010

A arquitetura de Lelé

A arquitetura de Lelé

Exposição no Museu da Casa Brasileira homenageia o arquiteto João Filgueiras Lima, que participou junto com Oscar Niemeyer da construção de Brasília (divulgação)


Agência FAPESP – O Museu da Casa Brasileira (MCB) abrirá no dia 20 de julho a mostra A arquitetura de Lelé: fábrica e invenção, em homenagem ao arquiteto João Filgueiras Lima, conhecido como Lelé.

A mostra, que ficará até 19 de setembro, traz maquetes, fotografias, desenhos, filmes e animações que contam a história do arquiteto cuja obra é reconhecida especialmente pela colaboração com Oscar Niemeyer na construção de Brasília e pelo conjunto de projetos que desenvolveu junto à Rede Sarah de hospitais.

A exposição inicia com um painel cronológico de centenas de obras, com destaque para os sistemas e tecnologias desenvolvidos para a construção de passarelas que marcam a paisagem da cidade de Salvador, de hospitais e centros de reabilitação do aparelho locomotor e a sede em vários cidades do Tribunal de Contas da União.

A obra arquitetônica de Lima, nascido em 1932 no Rio de Janeiro, caracteriza-se especialmente pela busca da racionalização e da industrialização na arquitetura.

Outros projetos de destaque são o prédio do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, o Presídio de Segurança Máxima do Rio de Janeiro e o Hospital de Taguatinga (Distrito Federal).

Atualmente, Lelé atua como diretor do Centro de Tecnologia da Rede Sarah (CTRS), onde desenvolve os projetos e a execução dos novos hospitais da rede.

O Museu da Casa Brasileira fica na Av. Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano, na capital paulista. A exposição é aberta ao público de terça a domingo, das 10 às 18 horas. Aos domingos e feriados a entrada é franca.

Mais informações: www.mcb.sp.gov.br ou (11) 3032-3727. 


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Dislipidemia é tema de palestra promovida pela SOCESP

A regional Jundiaí da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo realiza encontro em 22 de julho, quinta-feira, para debater questões atuais da dislipidemia, doença caracterizada por aumento de lipídios na corrente sanguínea.

 

Segundo o presidente da regional, Alberando Genari Filho, o objetivo é homogeneizar as condutas tomadas por médicos em casos da doença, seguindo os protocolos determinados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.

 

"Houve uma grande mudança nos paradigmas que eram usados antigamente, especialmente nos limites dos níveis de colesterol ruim (LDL), tanto para os pacientes que não apresentam fatores de risco, nem são hipertensos ou diabéticos, como para os que já passaram por angioplastia coronariana ou revascularização", explica Alberando.

 

O tratamento da dislipidemia é uma das grandes medidas de prevenção de doenças arteriais coronarianas como, por exemplo, o infarto. Segundo dr. Alberando, mesmo com a alta incidência na população, a doença ainda é tratada de forma superficial.

 

"Queremos mostrar aos profissionais da área que a dislipidemia deve ser levada a sério. Todas as medidas estão nos protocolos, mas poucos médicos aderiram a elas."

 

O encontro será ministrado pelo dr. Marcelo Bertolami, diretor da Divisão Científica do Instituto de Cardiologia Dante Pazzanese, e é destinado aos médicos cardiologistas da região. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo telefone (11) 3179-0042.

 

SOCESP Jundiaí | Dislipidemia

Data: 22 de julho de 2010, quinta-feira

Horário: a partir das 20h

Local: Center Park Hotel

Endereço: Av. Jundiaí, 300 – Centro – Jundiaí/SP

Informações e inscrições: (11) 3179-0042 | www.socesp.org.br

 

Acontece Comunicação e Notícias
www.acontecenoticias.com.br


-- 

farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

sexta-feira, 9 de julho de 2010

8º Festival de Dança de Londrina abre inscrições

De 08 a 17 de outubro, a Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e região Norte do Paraná (APD), realizará a 8ª edição do Festival de Dança de Londrina. A iniciativa surgiu em 2003 para promover o intercâmbio entre a produção local de dança e das demais regiões do país.

Consolidado em âmbito nacional, o Festival de Dança de Londrina abre as inscrições. O evento conta com o patrocínio da Prefeitura do Município de Londrina, Secretaria Municipal de Cultura – PROMIC e Caixa Econômica Federal

Como se inscrever 

A inscrição é gratuita, aberta a pessoas físicas e jurídicas constituídas por produtores, companhias públicas ou privadas e composta por duas etapas:

·         Internet - acesse o site www.festivaldedancadelondrina.art.br e clique no banner do 8º Festival de Dança de Londrina. A ficha disponível para download deve ser preenchida e encaminhada ao e-mail: festival@festivaldedancadelondrina.art.br 

  • Correio - o material complementar deve conter:

-          A ficha de inscrição preenchida e impressa

-          06 fotos digitalizadas com resolução mínima de 300 dpi

-          Currículo da companhia com matérias publicadas sobre o espetáculo

-          DVD com um vídeo do espetáculo

-          Ficha técnica completa

-          Mapa de luz, som e palco

-          Necessidades de produção

-          Release do espetáculo

 

O material complementar deve ser enviado em envelope lacrado para:

 

Festival de Dança de Londrina

Rua Pio XII, 56 - Centro

CEP: 86.020-380 / Londrina,PR

 Obs: as inscrições enviadas apenas por e-mail não serão aceitas   

Prazo 

As inscrições via Internet estão abertas até 13 de agosto de 2010. 

A data limite de postagem do material complementar é 16 de agosto de 2010. Materiais postados após está data não serão aceitos. 

Serão selecionados: 

  • 07 trabalhos nacionais de aproximadamente 40 minutos;     
  • 05 trabalhos locais de aproximadamente 30 minutos
  • 05 trabalhos de performances de rua 

Benefícios oferecidos aos selecionados: 

  • Cachê: não há a previsão de cachê e transporte interestadual aos grupos de performance de rua, porém a organização do festival se reserva ao direito de realizar alterações neste item, caso haja a confirmação de mais apoiadores até o término do prazo das inscrições. 
  • Hospedagem: as diárias são referentes apenas à estadia no período das apresentações e oficinas. Diárias extras não estão incluídas. 
  • Alimentação

 

  • Transporte e translado 

Resultados: 

A lista com as companhias selecionadas será divulgada no site do festival (www.festivaldedancadelondrina.art.br) em 03 de setembro de 2010. 

A partir do dia 31 de agosto de 2010, somente os selecionados receberão um e-mail e um telefonema da organização do Festival de Dança de Londrina com mais detalhes sobre a participação no evento. 

Mais informações: (43) 3342-2362

e-mail: festival@festivaldedancadelondrina.art.br

Claudio de Souza | Danieli Pereira
Coordenação Geral do Festival de Dança de Londrina

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br