sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Cuiabá recebe Pulmão Gigante

Exposição estará na cidade de 28 de novembro a 5 de dezembro, informando a população sobre a importância do nosso pulmão

 

 

O Tour Pelo Pulmão chega finalmente a Cuiabá, após meses excursionando pelo país. A exposição do inflável de 190 m2, que reproduz em detalhes o pulmão humano, é promovida pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT).

 

"O grande objetivo do Pulmão Gigante é divulgar o pneumologista para a população, pois a especialidade não é muito conhecida do grande público, assim como muitas das doenças respiratórias. Muitas pessoas, mesmo com sintomas respiratórios, não sabem a qual médico recorrer", afirma dr. Clovis Botelho, presidente da regional Mato Grosso da SBPT.

 

O Tour Pelo Pulmão já passou por São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Salvador (BA), Recife (PE), São Luis (MA), Fortaleza (CE), Vitória (ES), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR), e ainda este ano segue para Belém (PA).

 

"Essa ação é em benefício da população, alertando para as principais doenças respiratórias e para o controle e diagnóstico precoce e correto que é muito importante. Muitas vezes, o diagnóstico precoce possibilita a cura ou um melhor controle da doença. Com a divulgação do Pulmão Gigante e das doenças e sintomas, as pessoas vão procurar o pneumologista mais cedo", ressalta dr. Clovis.

 

A iniciativa faz parte do projeto Ano do Pulmão 2010, que reúne sociedades médicas de diversos países em prol da saúde respiratória, alertando a população para as diversas doenças relacionadas ao pulmão e ao sistema respiratório, e destacando a importância do diagnóstico precoce, medidas preventivas e as principais áreas de atuação do médico pneumologista.

 

Os eventos relacionados ao Ano do Pulmão também pretendem chamar a atenção globalmente para a importância do pulmão na tentativa de reduzir a morbidade e mortalidade por doenças respiratórias. 

 

O Tour

                                                                                       

Durante o passeio pelo pulmão, após entrar pela grande traqueia, os visitantes poderão conhecer todas as particularidades do órgão, assim como os principais problemas que o atingem, todos eles da alçada do médico pneumologista.

 

As visitas são monitoradas por médicos pneumologistas que estarão disponíveis para esclarecer as dúvidas e dar as orientações sobre as diversas doenças que atingem o Pulmão e como fazer para preveni-las.

 

Após entrar pela traqueia, o visitante passa pelas salas da tuberculose, asma, DPOC e doença intersticial. Ao atravessar um túnel de acesso, o chega ao segundo pulmão, no qual recebe informações nas salas de câncer, pneumonia e tabagismo.

 

"Queremos oferecer à população informações sobre as características de todos estes males que atingem a saúde respiratória, abordando os principais fatores de risco, prevenção, detecção e a importância do início precoce do tratamento, qualquer que seja a patologia, de maneira lúdica, de modo a chamar a atenção e conscientizar desde as crianças até os mais experientes", afirma o dr. Roberto Stirbulov, presidente da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. 

 

Exposição Pulmão Gigante

Data: de 28 de novembro a 5 de dezembro

Endereço: Parque Mãe Bonifácio

Horário: 7h às 12h - 14h às 19h 

Informações: 0800 61 6218

 

Laura Storni ou Monica Kulcsar | Acontece

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa 

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Seminário Economia do Audiovisual em Salvador/BA

O que: Seminário Economia do Audiovisual - Cultura da Convergência e Sustentabilidade
Quando: 30 de novembro e 1º de dezembro

Onde: Salvador/Bahia

Veja a programação: http://www.cultura.ba.gov.br/economiadoaudiovisual/programacao.html

Faça a sua inscrição aqui: http://www.cultura.ba.gov.br/economiadoaudiovisual/inscricao.html

Mais informações: www.cultura.ba.gov.br/economiadoaudiovisual
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Pele

Pela primeira vez em 12 anos, a diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realizará em Brasília a abertura oficial da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele. Durante o evento – que acontece às 10h da manhã de terça-feira (23.11), no Salão Negro do Congresso Nacional – o presidente da entidade, Dr. Omar Lupi, apresentará um panorama da doença no País e os detalhes da mega operação de rastreamento. São esperados 150 convidados, entre políticos e jornalistas.

 

A Mobilização - Segundo o Instituto Nacional do Câncer, estão previstos 113.850 novos diagnósticos do tumor de pele não melanoma e 6 mil de melanoma em 2010. "Trata-se do câncer que mais cresce no mundo. Na última década a incidência subiu cerca de 20%", destaca Dr. Gilvan Alves, presidente da SBD – Regional DF.

 

Para combater a letalidade, o diagnóstico precoce é fundamental. E é exatamente essa a proposta do mutirão que mobilizará 4 mil dermatologistas no dia 27 de novembro, sábado subsequente ao lançamento da campanha. Todos os estados brasileiros serão contemplados, com previsão de 56 mil atendimentos. O trabalho dos médicos não se resumirá ao exame e eventual diagnóstico – portadores de lesões serão encaminhados a hospitais públicos para realização de procedimentos.

 

Alerta – Nunca é demais lembrar que a exposição ao sol é fator preponderante para o surgimento o câncer de pele. Para alertar a população sobre a necessidade de uso do filtro solar e outros fatores de proteção, na noite de 23 de novembro Brasília e Rio de Janeiro iluminarão de laranja dois cartões postais: o Congresso Nacional e o Cristo Redentor. Mais um ponto para a campanha, que este ano entrou para o livro dos recordes como maior evento de prevenção da doença no mundo.

 

Sociedade Brasileira de Dermatologia promove 12ª. edição da 

Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Pele

 

·        Campanha acontece em 27 de novembro em 24 estados de todas as regiões do País

·        Mais de 4 mil profissionais voluntários, incluindo médicos dermatologistas e enfermeiros, vão prestar atendimento gratuito a 40 mil pessoas em 165 postos

·        Guinness Book: campanha entrou este ano para o livro dos recordes como maior evento de prevenção da doença no mundo

 

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) promove em 27 de novembro a 12ª. edição da Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Pele. Cerca de 4 mil profissionais voluntários, incluindo médicos dermatologistas e enfermeiros, vão prestar atendimento gratuito em 165 postos, em 24 estados nas cinco regiões do País. Serão oferecidos exames completos da pele, palestras e orientações sobre os cuidados com a exposição solar, prevenção, autoexame e descoberta precoce da doença. Os casos com suspeita de câncer de pele serão imediatamente encaminhados para tratamento gratuito, incluindo cirurgias.

 

Guinness Book - De acordo com o presidente da SBD, o médico dermatologista Omar Lupi, a estimativa para 2010 é atender 40 mil pessoas em todo Brasil. "A campanha entrou para o Guinness Book em junho deste ano, quando foi reconhecida pelo livro dos recordes como a maior ação mundial de prevenção do câncer de pele no mundo", afirma.

 

A campanha tem o objetivo de contribuir na redução da doença no País. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) sobre a estimativa de casos para este ano mostram que o câncer de pele tipo não melanoma é o de maior incidência entre os brasileiros: 114 mil diagnósticos, o que corresponde a 23% de todos os tumores registrados.

 

Exposição sem proteção - O levantamento das edições anteriores da campanha, entre 1999 a 2009, revela que uma das causas para o índice elevado da doença está no comportamento da maioria dos brasileiros: 66,3% se expõem ao sol sem qualquer tipo de proteção. "O mais eficaz é adotar um conjunto de medidas no cuidado com a pele para a prevenção primária, incluindo não só o filtro solar como também o uso de chapéus, óculos e roupas adequadas para reduzir os efeitos da radiação solar, principalmente no horário de maior incidência dos raios UVB, das 10h às 15h", afirma a coordenadora da campanha, a médica dermatologista Selma Cernea.

 

Ela chama atenção para os cuidados desde a infância. "O câncer de pele não melanoma é resultado de um processo evolutivo ao longo dos anos de vida. Não surge de uma hora para outra", explica. A médica esclarece que a doença não deve ser associada somente à exposição ao sol na praia ou a atividades de lazer. "A proteção é indispensável em qualquer lugar e em qualquer situação de exposição ao sol como, por exemplo, o exercício de atividades profissionais ao ar livre", alerta.

Perfil - A SBD também verificou que, entre 1999 a 2009, a incidência dos casos é maior em homens (61,6%) do que em mulheres (38,4%); em pessoas de pele clara (63%); e na faixa etária de 55 a 65 anos A concentração dos casos nas regiões é maior no Sul (10,44%), seguida do Sudeste (9%), Centro-oeste (8,9%), Nordeste (8,62%) e Norte: (8,14%). A campanha já atendeu 357.268 pessoas em 25 estados das cinco regiões do País, sendo verificados 32.742 casos de suspeita da doença, o que representa 9,12%. De acordo com o Inca, os estados com maior incidência de casos é Santa Catarina e Rio Grande do Norte.

As informações sobre a campanha, incluindo a localização dos postos de atendimento gratuito, podem ser obtidas no site  www.sbd.org.br ou no 0800-701 3187 (disponível a partir de 6/11). No site da SBD também há uma calculadora de risco para câncer de pele através da qual a população pode saber qual é a probabilidade de desenvolver a doença.

Solenidade de Lançamento da

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele - DF

Data: 23/11/2010, terça-feira

Hora: 10h da manhã

Local: Salão Negro do Congresso Nacional

Promoção: Sociedade Brasileira de Dermatologia

 

Carla Furtado | AthenaPress 

 

Paulo Lima | 

Máquina

 

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa 

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

João Doria Júnior (O Aprendiz) ministra palestra em Brasília

Grupo Excelenzia traz o empresário a cidade e já promete movimentar ainda mais as ações empreendedoras da capital do País

 

A Excelenzia Groupe traz pela primeira vez a Brasília o jornalista e empresário João Doria Júnior, que ministrará a palestra "Como criar projetos vencedores". O evento será realizado no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, no dia 23 de novembro, a partir das 19:30h. A ação acontecerá em comemoração a chegada do grupo na capital federal e promete inovar ainda mais o mercado de eventos e publicidade da cidade.

 

Com uma proposta inovadora, a Excelenzia pretende gerar oportunidades para jovens empreendedores. No mercado há apenas nove meses, a agência já começa a se destacar entre as mais bem relacionadas no setor de empreendedorismo da cidade, trazendo como trabalho de estréia um dos palestrantes mais requisitados do país, o jornalista e empresário João Doria Júnior.

 

A empresa surgiu da união de 15 jovens empresários, que juntos decidiram consolidar uma marca e fazer a diferença no mercado de Brasília. Hoje, ramificaram o empreendimento e o dividiram em quatro vertentes, voltadas para o segmento de comunicação, construção civil, comercialização e agricultura.

 

"No início pensávamos em unir nossos conhecimentos para gerar uma empresa inovadora, que oferecesse para os brasilienses uma proposta totalmente diferenciada. Ficamos surpresos com a receptividade dos clientes, inclusive a do próprio João Doria, que mesmo diante de uma proposta tão nova, apostou em nosso trabalho" conta o diretor da Excelenzia Groupe, Rodrigo Silva.

 

Para ele, trazer a palestra do empresário para a Brasília significa a concretização de um sonho e a oportunidade para outros grandes trabalhos. "Muitas empresas batalham há anos para conseguir fechar um evento deste porte com o João Doria, mas até hoje nada havia sido finalizado. Nós conseguimos, e isso certamente mostra a qualidade do nosso trabalho e o quanto temos a oferecer", diz.

 

De acordo com a gerente executiva Amanda Aragão, o viés de empreendedorismo foi escolhido pela Excelenzia exatamente para incentivar o aquecimento do setor. "Queremos mudar a idéia dos jovens da cidade, de que Brasília gira apenas em torno do serviço público, e mostra que há um espaço efetivo para o empreendedor", revela, complementando que é por isso que a empresa investe tanto em seus eventos.

 

"Não queremos fazer das nossas ações apenas mais uma. Queremos ser a diferença, gerar oportunidades e mostrar que o nosso diferencial está na gestão dos detalhes. Afinal, em apenas segundos você pode se tornar um dos maiores empresários do país. Basta uma boa oportunidade", garante.


Palestra com João Doria Júnior

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Brasília – DF

Data: 23/11/10

Horário: 19:30

Investimento: R$ 300

Inscrições: www.grupoexcelenzia.com.br

Mais informações pelos telefones 8417-5335 (Rodrigo), 8628-4535 (Amanda) e 8438-7970 (Marcelo) ou pelo site www.grupoexcelenzia.com.br.


Luciana Melo | RP1 
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa 

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

VI Mostra de Teatro de São Miguel Paulista - 03 a 12 de Dezembro - GRÁTIS


SalabaetoVI Mostra de Teatro de São Miguel Paulista

 

Serão 11 espetáculos gratuitos apresentados na sexta edição da mostra realizada pelo grupo Buraco d`Oráculo.

 

De 03 a 12 de Dezembro, na Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena) e no Viaduto da China, ocorrerá a VI Mostra de Teatro de São Miguel Paulista, Zona Leste de São Paulo.

 

Idealizada e realizada pelo grupo Buraco d`Oráculo, a Mostra chega a sua 6ª edição em 2010 fazendo parte das atividades do projeto “Narrativas de Trabalho”, desenvolvido pelo grupo com recursos do Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo.

 

Sobre a Mostra

A Mostra de Teatro de São Miguel Paulista nasceu em 2002 com o intuito de mapear grupos e fazedores de teatro da região, visto que o bairro seria a base de atuação do grupo. As primeiras edições da Mostra tiveram como parceiros: Escola Estadual D. Pedro I, CEU Parque São Carlos, entre outros. A Mostra agregava diversas formas de espetáculos: performance, palco, rua, etc. Após a quarta edição, o foco se fixou no teatro de rua, passando a ser a característica principal da Mostra.

A VI Mostra de Teatro de São Miguel traz 11 espetáculos (oito de São Paulo, um de Presidente Prudente, um de Santos e um de Canoas/RS) e busca efetivar a relação do teatro de rua com os moradores da região, principalmente da Vila Mara, onde acontecerão as apresentações.

 

 

Sobre o grupo Buraco d`Oráculo

O Buraco d`Oráculo surgiu em 1998, com o intuito de criar um teatro de rua que discutisse o homem urbano contemporâneo e seus problemas.

O trabalho do grupo é calcado em três pontos fundamentais: a rua, como espaço privilegiado de encontro direto com o publico; a cultura popular como fonte geradora de inspiração e motivação, e o cômico (destacando-se a farsa e as relações com o “realismo grotesco”).

Os espetáculos do grupo são protagonizados por pessoas comuns e que estão à margem da sociedade, como vendedores ambulantes, pedintes, entre outros. O Grupo possui em seu repertório sete montagens em que buscam manter essas propostas: A Guerra Santa – 1998; Amor de Donzela, Olho Nela! – 1999; Quem Pensa Que Muito Engana, Acaba Sendo Enganado – 2000; A Bela Adormecida – 2001; O Cuscuz Fedegoso – 2002; A Farsa do Bom Enganador – 2006; ComiCidade – 2008; Ser Tão Ser – narrativas da outra margem – 2009.

Sobre o projeto Narrativas de Trabalho

O principal objetivo do projeto Narrativas de Trabalho é discutir, por meio de cenas, performances e intervenções, a precarização do trabalho. O projeto conta ainda com um trabalho de aperfeiçoamento artístico para dois grupos: Buraco d`Oráculo e Trupe Arruacirco (grupo que nasceu de um projeto realizado em 2005), com estudo teórico-prático sobre o épico; a realização da Mostra de Teatro de São Miguel, manutenção de sede e sítio eletrônico, troca artística com grupos convidados e parceiros de outros Estados e a continuidade do Café Teatral (encontros para bate-papos com artistas convidados ) e publicação de A Gargalhada  (jornal mensal e informativo do grupo). Ao término do projeto será publicado um caderno relatando todo este percurso.

 

Programação:

 

03/12 – 16h - Cortejo de Abertura

Local de saída: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Os grupos Buraco d`Oráculo, Trupe Arruacirco e Trupe DoBalaio realizarão um cortejo popular pelas ruas da região anunciando aos moradores a abertura da Mostra. Logo em seguida acontecerão intervenções cênicas do Buraco d`Oráculo e da Trupe Arruacirco.

 

03/12 – 17h – Intervenção: Se os Tubarões Fossem Homens - Trupe Arruacirco. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 15min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: Livre adaptação da cronica “Se os tubarões fossem homens” do dramaturgo alemão Bertolt Brecht, para o teatro de rua. Retrata uma pacata família de classe média, na qual uma criança faz uma inocente pergunta: “Pai, e se os tubarões fossem homens?”, trazendo a tona varias questões sobre a sociedade que nos cerca.

 

Ficha Técnica:

Direção Geral: Trupe Arruacirco / Elenco: Daniel Marques, Jô de Freitas, Luciano Kleber e Rafael Araujo / Adaptação do texto: Rafael Araujo / Direção Musical: Luciano Kleber / Orietação: Adailton Alves e Leltxu Martinez / Cénario e figurinos: Trupe Arruarcirco

 

A Trupe ARRUACIRCO tem como característica pesquisar um teatro popular, estudando as linguagens: do palhaço, da cultura popular e o teatro de rua. A Trupe se formou a partir de uma oficina de teatro de rua e circo ministrado pelo grupo Buraco do Oráculo, pelo projeto “Circular Cohab’s” contemplado pela lei de fomento ao teatro de São Paulo, com jovens que já trabalhavam a linguagem teatral e circense na região de São Miguel Paulista.

03/12 – 17h 15 – Intervenção: A Barba - Buraco d`Oráculo. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 10min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: Intervenção cênica livremente inspirada no Kyogem, entremês cômico do teatro japonês do sec. XV, A Torre de Barba. Um marido, machista e violento, espanca sua mulher. Ela, por sua vez, revolta-se contra o machão com a ajuda da vizinhança. A intervenção é um quadro que fazia parte do espetáculo ComiCidade.

 

Ficha Técnica:

Direção Geral: Paulo de Moraes / Elenco: Adailton Alves, Edson Paulo Souza, Lu Coelho e Selma Pavanelli / Adaptação do texto: Paulo de Moraes e Buraco d`Oráculo / figurinos: Paulo de Moraes / Adereços: Buraco d`Oráculo.

 

03/12 – 17h30 - Espetáculo Canteiro - Cia dos Inventivos. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 60min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: Durante o horário do almoço em um canteiro de obras, cinco trabalhadores estabelecem um divertido jogo teatral para falar sobre a possibilidade de se escolher o que se come. Espetáculo de rua livremente inspirado na obra “Viva o Povo Brasileiro!” de João Ubaldo Ribeiro.

 

Ficha Técnica:

Direção Geral: Edgar Castro / Assistente de direção: Daniela Rosa / Atores-criadores: Aysha nascimento, Flávio Rodrigues, Marcos di Ferreira, Maria Teixeira e Rômulo Albuquerque / Dramaturgia: Cia. Dos Inventivos / Dramaturgista: Daniela Rosa / Direção Musical: Cristiano Gouveia e Rômulo Albuquerque / Preparação Corporal: Kelliy Anjos e Verônica Nóbili / Treinamento Dança-Afro e Coreografias: Kelliy anjos / Direção de Arte: Marcio Rodrigues e Rafaela Carneiro / Confecção de Instrumentos: Rômulo Albuquerque / Produção e divulgação: Cia. Dos Inventivos

 

Cia dos inventivos formou-se com alunos da ELT - Escola Livre de Teatro de Santo André, turma de 2004. A proposta da companhia se organiza em torno da re-visita e da recuperação da cultura popular por meio do teatro de rua e da narrativa épica nesse espaço livre e dos transeuntes, palco das grandes manifestações históricas e lugar de aproximação com o povo.

 

04/12 - 16h - Espetáculo O Poeta e o Cavaleiro - Trupe Sinhá Zózima. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 50 min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: Findomundo era uma cidade pacata, risonha e livre. Ficava muito longe, lá no fim do mundo, em um tempo distante, da Idade Média das Fábulas. Um dia, porém, um estrondo abalou Céu e Terra, seguido por uma labareda cuspida para o alto e um rugido infernal. Em meio ao pânico, correria, confusão, surge o herói Dom Pendragon de Cantalupo, vindo não se sabe de onde, determinado a restabelecer a ordem. Livre Adaptação da Obra Literária de Pedro Bandeira.

 

Ficha Técnica:

Direção/Preparação de Atores: Alexandre Lindo / Dramaturgia: Evie Milani e Priscila Reis / Cenografia: Vanessa Cabral / Maquiagem: Trupe Sinhá Zózima / Figurinos: Priscila Reis e Tatiana Lustosa / Sonoplastia: Evie Milani / Produção: Trupe Sinhá Zózima / Máscaras: Alexandre Lindo / Fotos: Adalberto Lima / Logotipo: Guto Lacaz / Elenco: Anderson Maurício, Evie Milani, Fernando de Marchi, Priscila Reis e Tatiane Lustosa

 

Com o propósito de desenvolver propostas contemporâneas no fazer teatral, explorando o regionalismo através de seu cotidiano e a universalidade dos sentimentos e emoções humanas, a Trupe Sinhá Zózima tem como foco de trabalho a pesquisa, investigação.
Formados no curso de Habilitação Profissional de Técnico em Ator (HPTA) pela Fundação das Artes de São Caetano do Sul (FASCS), pesquisam o contato direto com o público e os diferentes espaços.

 

04/12 – 17h30 – Espetáculo Farsa do Advogado Pathelin – Circo Teatro Rosa dos Ventos. Presidente Prudente/SP

Recomendação: 10 anos/ Duração: 60min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: O espetáculo propõe uma saborosa fusão entre circo e teatro. Utilizando o jogo do palhaço, acrobacia, malabarismo, pernas de pau e música ao vivo, o grupo conta a história do advogado Pathelin, um grande trapaceiro, que diante de sua ruína financeira aplica um golpe em Guilherme Côvado, renomado comerciante de tecidos. A surpresa da montagem fica a cargo da inserção de conflitos paralelos, vividos entre os palhaços durante a encenação.

 

Ficha Técnica:

Autor: Anônimo / Direção: Roberto Rosa / Cenografia: Criação Coletiva / Música original, operação e criação da sonoplastia: Robson Toma / Figurinos: Criação Coletiva/ Atores: Felipe Madureira, Fernando Ávila, Gabriel Mungo, Robson Toma, Tiago Munhoz / Técnicos: Luis Paulo Valente e Antônio Sobreira

 

Circo Teatro Rosa dos Ventos - Fundado em 1999 por então alunos da UNESP de Presidente Prudente, o grupo pesquisa o circo, os artistas cômicos, a cultura popular, música autoral e o teatro de rua.  Desenvolve projetos voltados para a Região Oeste do Estado de São Paulo, levando arte de rua para lugares e pessoas que raramente tem acesso aos bens culturais.

 

05/12 – 16h – Espetáculo O Básico do Circo - Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 60min

Local: Viaduto da China

 

Sinopse: Uma trupe circense tem em sua companhia uma nova bailarina, desastrada e trapalhona. Os palhaços fazem de tudo para ter sua atenção, enfrentando até mesmo o dono do circo. Entre uma reprise e outra a trupe apresenta seus números de perna de pau, chicote, malabares e pirofagia e, ao final, a grande questão: Quem ficará com o amor da bailarina?

 

Ficha Técnica:

Texto: Simone Brites Pavanelli e Marcos Pavanelli / Direção: Marcos Pavanelli / Elenco: Anderson Areias, Dany Ivan, Lucas Branco, Marcella Brito, Marcos Pavanelli e Simone Brites Pavanelli / Direção musical: Charles Raszl / Produção: Simone Brites Pavanelli

 

O Núcleo Pavanelli é um grupo de teatro de rua e circo fundado em 1999 no Tucuruvi e que tem como proposta pesquisar a dramaturgia, interpretação e estética, voltadas para a rua como espaço cênico, levando em conta suas especificidades. Com diversos espetáculos em seu repertório, atualmente são parceiros do Grêmio Esportivo Vila Harding (existente há 84 anos) com o qual compartilham uma sede no Tucuruvi, e do CICAS (Centro Independente de Cultura Alternativa e Social) no Jardim Julieta, onde mantêm uma programação de teatro de rua permanente.

 

05/12 - 17h30 - Espetáculo Terra Papagalli - Trupe Olho da Rua. Santos/SP

Recomendação: Livre / Duração: 80min

Local: Viaduto da China

 

Sinopse: O espetáculo conta a história de um degredado do início do século XVI, tido como o primeiro rei do Brasil: O Bacharel de Cananéia. Uma Farsa Épica Itinerante, encenada ao ar livre com música ao vivo.Terra Papagalli estabelece um diálogo crítico com os valores éticos que percorrem nossa pátria mãe desde seu descobrimento, até os dias de hoje.

 

Ficha Técnica:

Autores: José Roberto Torero e Marcus Aurellius Pimenta / Adaptação: Zeca Sampaio e Trupe Olho da Rua / Orientação do tema: Zeca Sampaio / Direção: Caio Martinez Pacheco / Atores: Alan Plocki, Anna Fecker, Caio Martinez Pacheco, João Luiz Pereira, João Paulo Pires, Raquel Rollo e Rogério Ramos / Equipe Técnica: Maurício Rayel / Figurinos: Sergio Guerreiro / Assistentes de figurinos: Ana Maria Silva Guerreiro, Raquel Queiroz e Rose Diniz / Adereços: Márcia Alves e Iuri Guerreiro / Cenário e Sonoplastia: Trupe Olho da Rua / Músicas Originais: Zeca Sampaio, Alan Plocki, Raquel Rollo, Sergio Argento e Rogério Ramos / Preparação Vocal: Priscilla Rodrigues Gonçalves (Wendy) e Guilherme Marino / Preparação Corporal: Míriam Carbonaro / Produção: Raquel Rollo e Caio Martinez Pacheco

 

A Trupe Olho da Rua é um grupo de teatro de rua de Santos-SP que apresenta-se desde 2002. Mantém em seu repertório sete espetáculos com contextos diferentes, mas todos com música ao vivo, elementos circenses, críticas atuais e humor. O grupo realiza em sua região diversas ações, sendo uma delas contemplada recentemente pelo Prêmio Funarte Festivais de Artes Cênicas a ser realizada no início de 2011: 2ª Mostra de Teatro Olho da Rua, levando referências do teatro de rua para a Baixada Santista.

 

10/12 -16h – Espetáculo Histórias do Circo sem Lona – TIA. CANOAS/RS

Recomendação: Livre / Duração: 40min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: O espetáculo Histórias de Circo sem Lona mostra as artimanhas de dois palhaços “sem eira, nem beira”, que não têm muitos dotes e precisam encontrar uma forma de ganhar a vida e conquistar o pão de cada dia. Um palhaço apresentador (Stripulia) faz a ponte entre platéia e artistas. O segundo palhaço (Fadiga) interpreta as grandes atrações, fazendo uma alusão aos vários artistas que se apresentam nos circos.

 

Ficha Técnica:

Elenco: Marcelo Militão (Stripulia) e Mariana Abreu (Fadiga) / Criação: TIA / Direção: Marcelo Militão / Figurinos, Cenário, Adereços, Produção e divulgação: TIA

 

A canoense Cia Teatro Idéia e Ação (TIA) foi fundada em 2004 pelos atores e professores Marcelo Militão e Mariana Abreu. Tendo como proposta um teatro experimental, de intervenção social, o grupo possui como característica forte a itinerância. Nessa orientação, viabiliza seus espetáculos para um fácil acesso ao público em geral.

 

 

10/12 - 17h30 – Espetáculo Este Lado Para Cima – Isto não é um espetáculo - Brava Companhia. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 60min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: A ordem e o progresso fundamentam o surgimento de mais uma cidade, e os seus habitantes vivem em razão do trabalho e sonhando com um futuro de felicidade. Até que uma crise, causada pelos seus próprios dirigentes, se abate sobre essa metrópole ameaçando a ordem estabelecida, e esses mesmos dirigentes constroem o “mais avançado artefato da tecnologia humana”: A Bolha – que do céu vigiará tudo e todos, para manter as coisas como sempre foram. O poder do Mercado e o controle das relações humanas exercido por ele são discutidos com um humor anárquico neste trabalho da Brava Companhia.

 

Ficha Técnica:

Criação: Brava Companhia / Direção e Dramaturgia: Fábio Resende e Ademir de Almeida / Atores: Cris Lima, Débora Torres, Henrique Alonso, Joel Carozzi, Luciana Gabriel, Marcio Rodrigues, Rafaela Carneiro, Sérgio Carozzi / Reserva: Maxwell Raimundo / Cenários, adereços e figurinos: Cris Lima, Débora Torres, Joel Carozzi, Marcio Rodrigues, Rafaela Carneiro, Sérgio Carozzi / Concepção Sonora: Brava Companhia / Produção: Kátia Alves / Assistente de Produção: Luciana Gabriel, Max Raimundo.

 

A Companhia foi fundada em 1998, inicialmente com outra denominação, na zona sul da cidade de São Paulo. Em 2007, passa a se chamar Brava Companhia, mantendo e ampliando um histórico de realizações e pesquisa. Nestes quase doze anos de trabalhos ininterruptos criou dez espetáculos. O grupo mantém sua sede na ocupação cultural conhecida como Sacolão das Artes, onde criou o Espaço Brava Companhia. Além dos treinamentos e ensaios, realiza nesse espaço uma expressiva programação cultural, que inclui apresentações de espetáculos teatrais, debates, cursos livres de teatro e apresentações de outras linguagens artísticas.

 

 

11/12 – 16h – Espetáculo A Mosca – Cia do Outro Eu. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 50min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: Numa incessante disputa entre a necessidade de sobrevivência e o sonho de ser artista, uma trupe de anônimos vagueia pelas ruas da cidade. E nessa longa viagem de encontros e desencontros, deparam-se com o público e descobrem que ser artista é muito pouco se a sua arte não for compartilhada.

 

Ficha Técnica:

Criação e dramaturgia: Cia. do Outro Eu / Direção Diluída: Cia. do Outro Eu / Atores-criadores: Nilson Castor, Queila Rodrigues e Rhafael Oliveira / Figurinos: Glauce Medeiros / Cenário e adereços: Cia. do Outro Eu / Produção e divulgação: Cia. do Outro Eu / Fotos: Tatit Brandão

 

A Cia do Outro Eu desde a sua formação em 2004 - proveniente do projeto Teatro Vocacional realizado no CEU São Mateus - desenvolve projetos de caráter coletivo por meio do teatro de grupo. É formada por moradores da região de São Mateus, que receberam neste espaço seus referenciais de mundo, mas por intermédio do teatro tiveram a oportunidade de não limitar o olhar apenas para o que já lhes foi apresentado, abrindo os olhos, o coração e a mente para novas descobertas.

 

11/12 – 17h30 - Espetáculo O Doente Imaginário - Cia do Miolo. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 50min

Local: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Sinopse: Nesta adaptação da obra de Molière para o teatro de rua, a Cia do Miolo inverte a narrativa, utilizando-se dos elementos da própria rua – e do público, como parte da história. O espetáculo tem início onde Molière o termina: a morte do Barão. O público se defronta com um cortejo. A família triste segue seu caminho, com o objetivo de enterrar o patriarca Barão Argan. Mas nem tudo está acertado: o Barão foi traído e ninguém sabe de quem é a culpa. Então, os personagens resolvem reconstituir todos os passos do Barão no seu último dia de vida, convidando o público a achar o culpado. Para isso, cada personagem se traveste de Barão para contar a história a partir do seu ponto de vista.

 

Ficha Técnica:

Texto: Moliére / Direção: Cuca Bolaffi / Atores: Edi Cardoso, Eduardo Paiva, Harley Nóbrega, Juliana Osmondes, Renata Lemes / Figurino: Maria Zuquim

 

Os objetivos atuais da Cia do Miolo dividem-se em três eixos: a pesquisa sobre teatro de rua, a formação de público e a reflexão sobre a linguagem e as especificidades de uma criação teatral para espaços não convencionais. Direcionam suas pesquisas a uma BUSCA POR UM TEATRO PÚBLICO; o que, segundo o grupo, relaciona-se principalmente com a forma como se dialoga com o público − e como esse diálogo possibilita a construção de um teatro que interfira na cidade.

 

12/12 – 16h - Espetáculo A Farsa do Bom Enganador - Buraco d`Oráculo. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 50min

Local: Viaduto da China

 

Sinopse: Nesta adaptação, o Dr. Calafanje, advogado falido, convence o inescrupuloso comerciante Salabaeto a vender um tecido fiado para fazer um belo vestido para sua esposa Nuculote. Quando o comerciante vai cobrar sua mercadoria, o advogado executa sua arte de enganar.

 

Ficha Técnica:

Adaptação e direção: Atílio Garret / Elenco: Adailton Alves, Edson Paulo Souza, Lu Coelho, Selma Pavanelli / Preparação vocal: Margareth Darezzo / Preparação Musical: J.E Tico / Figurinos: Marta Sá e Cristina Brites / Apoio Técnico: Romison Paulo

 

O Buraco d`Oráculo surgiu em 1998, com o intuito de criar um grupo de teatro de rua que discutisse o homem urbano contemporâneo e seus problemas. O trabalho do grupo é calcado em três pontos fundamentais: a rua, como espaço privilegiado de encontro direto com o público; a cultura popular como fonte geradora de inspiração e motivação; e o cômico, destacando-se a farsa e as relações como o realismo grotesco.

 

12/12 – 19h - Espetáculo Homem, Cavalo e Sociedade Anônima - Cia Estável de Teatro. São Paulo/SP

Recomendação: Livre / Duração: 80min

Local: Viaduto da China

 

Sinopse: O espetáculo apresenta um cruzamento de situações sobre trabalho, moradia e consumo, costurado pela fábula de um homem animalizado e explorado em seus esforços por sobrevivência, como metáfora das impossibilidades, ilusões e contradições estampadas em nosso cotidiano.

 

Ficha Técnica:

Elenco: Daniela Giampietro, Nei Gomes, Osvaldo Hortencio, Osvaldo Pinheiro, Sandra Santanna, Di Marina e Andressa Ferrarezi / Operador de Luz: Luíz Calvo / Contrarregras: Zeca Volga e Maurício Hiroshi / Produção: Cia. Estável de Teatro / Operadora de som: Flávia Morena

 

Cia. Estável de Teatro - um coletivo de atores que tem como premissa de sua pesquisa a criação em conjunto com a comunidade onde está inserida. O primeiro projeto deste coletivo foi na zona leste de SP, onde nasceu o espetáculo O Auto do Circo. Desde abril de 2006, a Cia. Estável de Teatro está em residência artística no Arsenal da Esperança (casa de acolhida que abriga 1.150 homens em situação de "vagar") localizado ao lado do Museu do Imigrante, no Brás.

 

Serviço:

VI Mostra de Teatro de São Miguel

De 03 a 12 de Dezembro de 2010

 

Sextas e Sábados

Horários: 16h e 17h30

Endereço: Praça do Casarão (ao lado da estação de trem Vila Mara/Jd Helena)

 

Domingos

Horários:

05/12 - 16h e 17h30 / 12/12 - 16h e 19h

Endereço: Viaduto da China

 

GRÁTIS

 

Informações:

Telefones: (11) 8152-4483 e (11) 8188-3670

Site: www.buracodoraculo.com.br

Blog: http://buracodoraculo.blogspot.com/

Vídeo no Youtube: http://il.youtube.com/watch?v=ZyS9eCOEmXs

 

Assessoria de Imprensa: Aurea Karpor

(11) 8337-5168 – assessoria@projetobazar.com.br / akarpor@gmail.com

 

-- 

farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa 

24 novembro, música erudita de qualidade, com entrada franca

Música em Pauta na APM apresenta quarteto em novembro

Com entrada franca, apresentação é aberta ao público

O Música em Pauta na APM apresenta, em 24 de novembro, o quarteto Rogério Botter Maio & Cerne, composto por Rogério Botter Maio (contrabaixo), Marisa Silveira (violoncelo), Fabio Leonardo (piano) e Alexandre Ribeiro (clarinete).

A apresentação, com início às 20h30, contará com um programa composto exclusivamente por composições de Rogério Botter Maio. O projeto faz parte da agenda cultural da cidade de São Paulo e conta com o apoio da conceituada pianista Mercedes Máttar. 

Os ingressos são gratuitos e devem ser reservados a partir de segunda-feira, dia 22 de novembro, pelo telefone (11) 3188-4301. 

Os músicos

ROGÉRIO BOTTER MAIO
Compositor, arranjador e produtor, graduou-se em música pela UNICAMP, estudou jazz e música erudita na Hochschule für Musik, em Graz, Áustria e viveu em Roma, onde atuou como músico em  "O Poderoso Chefão III". Foi bolsista da Berklee College of Music em Boston, Estados Unidos. Nos anos seguintes, viveu em Nova Iorque, tocando com Paquito D'Rivera, Lionel Hampton, Cláudio Roditi, Manfredo Fest e gravando com nomes como Gerry Mulligan & Jane Duboc, Manfredo Fest, Naná Vasconcelos, trio Transition, Dom Salvador e Duduka da Fonseca. Com seu grupo ou com outros projetos, se apresenta regularmente na Europa (Alemanha, Itália, Suíça, Áustria, Portugal, Espanha e Eslovênia), e no Indonésia Open Jazz. No Brasil, atuou com Jovino Santos Neto, Duo Fel, Danilo Caymmi, Hermeto Pascoal, Orquestra Popular de Câmara, Roberto Corrêa, Jane Duboc, Soundscape Big Band, Ná Ozzetti, Dante Ozzetti e com Dom Salvador no Chivas Jazz 2003. Gravou nos CDs de Nelson Ayres, Jovino Santos Neto, Fernando Corrêa, Djalma Lima, Eva Gomyde, Márcia Lopes.

FÁBIO LEANDRO
Iniciou seus estudos na Universidade Livre de Música Tom Jobim, onde estudou harmonia, piano, história da MPB, arranjo, orquestração e prática de grupo. Integrou a Orquestra Tom Jobim regida pelo Maestro Roberto Sion, apresentado-se com grandes nomes da MPB, como Dominguinhos, Jane Duboc, André Mehmari, Alaíde Costa, Johnny Alf, Zimbo Trio, Arrigo Barnabé, Mônica Salmaso, Toninho Ferragutti e Laércio de Freitas. Em 2005, participou da criação do septeto Baki Virado, que executa músicas próprias e temas de jazz com uma concepção brasileira. No mesmo ano, ingressou na Banda Bissamblazz. Atualmente atua no grupo do saxofonista Roberto Sion, "Os Caras e o Coroa", e trabalha com o compositor Filó Machado. 

MARISA SILVEIRA
Iniciou seus estudos de violoncelo no Conservatório de Tatuí, orientada pelos professores Hélio Magalhães e Greetchen Muller. Participou do curso ministrado pelo violoncelista Aldo Parisot. Nessa mesma cidade frequentou as edições de 1979, 1980, 1981 e 1982 do Festival de Inverno. Foi integrante da Orquestra Sinfônica Estadual em 1981, sob a regência do maestro Eleazar de Carvalho. De 1984 a 1994 integrou a Orquestra Sinfônica Municipal, sob  a regência dos maestros Isaac Karabchevsky e Davi Machado, com a qual realizou inúmeros concertos sinfônicos e montagens operísticas. É integrante da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo desde 1994, onde atua frequentemente como chefe de naipe e solista. Participou dos musicais: Vitor ou Vitória, A Bela e a Fera, Ópera de Malandro, Beatles... num céu de Diamantes. Em Outubro de 2008, participou da turnê norte-americana do renomado saxofonista Brandford Marsalis por 28 cidades, sob a regência do maestro Gil Jardim. 

MARIA BERALDO BASTOS
Bacharel em Música Popular pela UNICAMP, foi premiada por composição pelo 1º Festival Guarulhos Instrumental. Em julho de 2008, participou de show montado com Tavinho Moura, no "Floripa Instrumental"; viajou em turnê pela Espanha com o grupo Margem Esquerda, sob financiamento do Ministério da Cultura e no mesmo ano foi contemplada, junto ao seu grupo Fina Estampa, pelo FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas) através do qual gravou o disco Abrideira, na Acari Records, no Rio de Janeiro, sob direção de Mauricio Carrilho. Integra o Coletivo Orquestral UNICAMP, dirigido por Mário Campos, que em 2008, realizou um espetáculo sob criação e direção de Arrigo Barnabé e acaba de lançar seu primeiro CD. Em 2010 começou a fazer parte do novo trabalho de Chico Saraiva como clarinetista e cantora, e participou do Circuito Cultural Paulista tocando em cidades do interior do estado. 

PROGRAMA
Quiprocó - Muito Prazer - Primeiro Choro - Belluno - Devagar com o Andor - Baião Means - The Other "One"- Trilhas - Crescendo -  Valsa Curitibana - Tudo por um Ocaso - Voltando ao fio da Meada 

Música em Pauta na APM (170 lugares)
Data: 24 de novembro de 2010
Local: Auditório Nobre da Associação Paulista de Medicina
Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278
Horário: 20h30
Entrada franca
Informações e reserva de ingressos
(11) 3188-4301 ou 3188-4302 


Monica Kulcsar ou Juliana Machado | Acontece
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa

sábado, 13 de novembro de 2010

Ação do mensalão completa hoje três anos de tramitação no STF

Débora Zampier | Agência Brasil 

Brasília – A Ação Penal nº 470, que apura a denúncia sobre esquema de pagamento de propina para parlamentares revelado em 2005, completa hoje (12) três anos de tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF). De lá para cá, centenas de andamentos processuais movimentaram o gabinete do relator Joaquim Barbosa, mas o desfecho para o caso ainda está distante do fim.  

Um dos empecilhos para a rapidez no julgamento é justamente o número de pessoas envolvidas, além de testemunhas de defesa e acusação. São 38 réus, defendidos por dezenas de advogados, inseridos em um processo de mais de 40 mil páginas. As testemunhas a serem ouvidas no caso eram tantas que Barbosa delegou a função de tomar os depoimentos a magistrados federais.  

Outro motivo que atrasa o desfecho do caso são os pedidos feitos pelos advogados no processo, como desmembramento da lista de réus, novos depoimentos de testemunhas, impugnação de laudos e solicitação de informações. Muitos pedidos são levados por Barbosa diretamente para apreciação do plenário.  

Um dos pedidos da defesa de Marcos Valério, acusado de ser operador do esquema, é o afastamento de Joaquim Barbosa por suposta falta de isenção para julgar, após o ministro afirmar que Valério é um "expert" em lavagem de dinheiro. O caso aguarda julgamento do presidente da Corte, Cézar Peluso.  

O último andamento relativo ao caso ocorreu ontem (11). Os advogados de Paulo Rocha (PT-PA), um dos réus e terceiro mais votado para senador pelo Pará nas eleições deste ano, pediram para interrogar os peritos que serão ouvidos pela Justiça Federal para esclarecer questões controversas em alguns dos laudos feitos pelo Instituto de Criminalística. O pedido foi negado por unanimidade pelos ministros do STF. 

Edição: Aécio Amado

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa 

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

CGTB reafirma proposta de 580 reais para o salário mínimo

O valor será debatido entre as centrais sindicais e levado ao governo

A executiva nacional da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) reafirma a proposta de R$ 580 para o salário mínimo. A reunião na qual o valor foi definido aconteceu nesta quarta-feira (10/11), na sede do Sindpd (Sindicato dos Trabalhadores de Tecnologia da Informação) em São Paulo, e contou com a presença de dezenas de lideranças sindicais de 20 estados brasileiros.

Os representantes da CGTB estabeleceram este valor levando em consideração o desempenho econômico do país nesse ano, que deve ficar em torno de 7%, e as conquistas de reajustes salariais nas negociações coletivas dos sindicatos, que receberam em média 4% de aumento real.

Outro fator que conduziu à proposta de R$ 580 é a importância da valorização do mínimo para o fortalecimento mercado interno e para manutenção do poder aquisitivo dos trabalhadores, elementos que ajudaram o Brasil a enfrentar a crise econômica mundial.

"Nós estamos analisando formas de aperfeiçoar o acordo de reajuste do salário mínimo firmado entre as centrais e o governo, para que a valorização salarial seja contínua, mesmo quando o PIB for negativo como o de 2009," afirma Antonio Neto, presidente da CGTB e do Sindpd.

Atualmente, o acordo corrige o salário mínimo tendo como referência a variação do Produto Interno Bruto (PIB) e da inflação.



Cláudio Ahrens | Imprensa SindPD 
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa